Uso de Include em consultas com o Entity Framework Code First

Um tópico muito discutido nos fóruns de acesso a dados (http://social.msdn.microsoft.com/Forums/pt-BR/adoptpt/threads) e LINQ (http://social.msdn.microsoft.com/Forums/pt-BR/linqpt/threads) é o uso de Lazy Load no Entity Framework.

O Lazy Load (ou Lazy Loading) nada mais é do que um mecanismo adotado pelos frameworks de persistência a dados para carregar as informações sobre demanda, isto é, carregar em memória apenas os dados de propriedades que não sejam relacionamentos para outras entidades. Este tipo de recurso minimiza o consumo de memória, o trafego de dados pela rede e os recursos de consulta do banco de dados, além de tornar a consulta mais rápida. Saiba mais

About these ads

Agrupamento de dados via LINQ e Lambda

Nos últimos tempos, participando do fórum do MSND sobre LINQ (http://social.msdn.microsoft.com/Forums/pt-br/linqpt/threads ), notei que muitas dúvidas surgiram com relação a sintaxe do LINQ para o agrupamento de dados. Dessa forma, espero neste post fazer um breve overview da sintaxe do LINQ para agrupamento, e também demonstrar a sintaxe Lambda correspondente.

Contexto do exemplo
Para estes exemplos utilizei uma estrutura de dados chamada Cidade. Esta estrutura contém: o nome da cidade, a quantidade de habitantes que ali vivem e o estado desta cidade dentro do país.

Os dados utilizados para a execução do exemplo estão chumbados no código e são originados do seguinte método: Saiba mais

LINQ To SQL – Comparação entre sintaxe Lambda e sintaxe LINQ

Boas! Faz um certo tempo que não posto nada devido a correria da faculdade e do trabalho, mas agora estou postando algo relativamente novo por aqui… Nesse exemplo eu faço diversas comparações entre a sintaxe LINQ (Query comprehension syntax) e a sintaxe Lambda. Uma coisa que eu descobri essa semana, é que o compilador processa a sintaxe LINQ transformando ela em sintaxe Lambda! (Você pode conferir essa informação no livro LINQ – Pocket Reference, na página 11) É sério! Eu achei isso muito interessante! Então, depois desse tapa na cara, nós podemos concluir que as queries que utilizam sintaxe Lambda são mais rápidas, pois não precisam ser reinterpretadas ao contrário das queries com sintaxe LINQ! Será? Quem poderá responder está questão? Tio Bill? Talvez… Voltando ao enfoque do post. O exemplo demonstra consultas utilizando os operadores: WHERE, LIKE, TAKE (Top), ORDER BY, GROUP BY, UNION, UNION ALL, FIRST e MAX. Acredito que estes sejam os operadores básicos para se fazer qualquer coisa… acredito que seja um pontapé interessante para quem nunca mexeu com LINQ. Dentro do exemplo tem um script que irá criar a tabela do exemplo no MS SQL Server (rodem o script na base de vocês! por favor!), além disso deve-se alterar a String de Conexão do método “GetSQLConnectionString()” e por fim os registros serão inseridos na tabela pela aplicação via LINQ depois que ela for executada pela primeira vez. Fico por aqui então… vlw!

http://code.msdn.microsoft.com/LINQ-To-SQL-Comparao-entre-44b6ac90

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 64 outros seguidores