Microsoft Virtual Academy

Olá pessoal,

Essa semana a Microsoft lançou o MVA (Microsoft Virtual Academy), esse projeto tem como objetivo ajudar no desenvolvimento da sua carreira Microsoft.
É uma plataforma de aprendizagem na nuvem, que disponibiliza:
•    Formação completamente de graça.
•    Recursos disponíveis on-line, vídeo on demand e artigos de especialistas.
•    Três tipos de conteúdo, cursos , carreiras e especializações.
•    Documentos especializados, laboratórios on-line e Webcasts.
•    Categorias de Reconhecimento: Bronze, Silver, Gold, Platinum.
•    Download de documentos para conclusão de cada conteúdo e uma transcrição com o resumo da atividade de cada usuário no MVA.

As categorias existentes são: Clustering, Hyper-V, IaaS, Office 365, PaaS, Private Cloud, Public Cloud, SaaS Security, SQL Azure, System Center, Virtual Machine,  VDI, Virtualization, VMware, Windows Azure, Windows Client e Windows Phone. Saiba mais

About these ads

Windows Phone – Teste de Performance

Participando de um projeto de Windows Phone surgiu a necessidade de testar a performance do aparelho, e da plataforma em si. Este teste tinha como base a pergunta: "O quão rápido é o aparelho ao carregar uma quantidade X de elementos em um listbox?"

Essa dúvida surgiu devido a característica do aplicativo de armazenar registros diariamente, e na qual o usuário poderia listar uma quantidade bastante grande de registros na interface visual. Diante deste cenário muitas dúvidas surgiram: "Quanto tempo leva para carregar o controle?", "Qual a quantidade ideal de registros a serem carregados?", "Como o silverlight vai se comportar ao carregar uma quantidade grande de itens?", "O layout esta complexo o suficiente para fazer o aplicativo ficar lento?" "Quanto esses dados em memória podem deixar o device lento?"

Essas dúvidas poderiam apenas ser respondidas com um experimento, e este trabalhou coube a mim. Diante disso construí um teste de carga bastante simples, cujo funcionamento era: Criar muitos registros na base do SQL CE e listar uma quantidade bastante grande de registros de uma única vez.

Então, criei três funções básicas no aplicativo, sendo elas:

1 – Geração de valores: esta funcionalidade inseria 1000 registros no SQL CE toda vez que fosse acionada, populando a base com uma quantidade grande (comparada ao porte do dispositivo) de registros. A estrutura da classe que produziu esses dados na base de dados é a da imagem abaixo:

[Table(Name="tbLoadTest")]
public class TargetItem
{
    [Column(Name="ldtId", IsPrimaryKey=true, IsDbGenerated=true, CanBeNull=false,AutoSync=AutoSync.OnInsert)]
    public int Id { get; set; }

    [Column(Name="ldtTitle", CanBeNull=false)]
    public string Title { get; set; }

    [Column(Name = "ldtDescription", CanBeNull = false)]
    public string Description { get; set; }

    [Column(Name = "ldtValue", CanBeNull = false)]
    public decimal Value { get; set; }

    [Column(Name = "ldtInsertDate", CanBeNull = false)]
    public DateTime InsertDate { get; set; }
}

2 – Apagar itens do banco de dados: para limpar o banco de dados (e não deixar meu celular poluído) foi criada uma funcionalidade de expurgo dos dados.

3 – Listagem de arquivos: essa é a motivação de nosso teste de carga. Saber o quão rápido um determinado layout poderia ser carregado na tela do device e qual a quantidade ideal de registros que podem ser carregados sem interferir na performance do aparelho.

O interface do teste de carga ficou assim:

performance

RESULTADOS

Os resultados foram bastante interessantes. A carga de mil itens foi bastante rápida, em menos de 1,5 segundos foi possível incluir mil registros de uma única vez no SQL Ce. A carga de itens no listbox foi mais surpreendente ainda, em 1 segundo foram carregados mil itens na tela, em 2 segundos foram carregados mil registros e em 3,5 segundos foram carregados cinco mil registros na tela. O único ponto que a performance não agradou foi a parte de exclusão de registros, pois ela demorou muito para excluir todos os registros (demorou 1m35s para excluir 5000 registros), possivelmente isso esteja atrelado ao funcionamento do SQL CE e de seu transaction log.

Mas em suma, a performance do Windows Phone esta acima do esperado e seus resultados foram bastante satisfatórios.

APARELHO UTILIZADO

Samsung I8700 Omnia 7

OS: Microsoft Windows Phone 7.5

Chipset: Qualcomm QSD8250 Snapdragon

CPU: 1 GHz Scorpion

GPU: Adreno 200

Referência: http://www.gsmarena.com/samsung_i8700_omnia_7-3537.php

Windows Phone Mango e Microsoft SQL CE

Para armazenar e recuperar dados em um banco de dados local as aplicações Windows Phone utilizam LINQ to SQL. O LINQ to SQL é um recurso nativo do Framework 3.0 e foi um dos recursos que mais chamaram atenção no lançamento do Microsoft Visual Studio 2008. O LINQ to SQL, como já dito em outros posts, fornece mapeamento objeto-relacional entre a aplicação e bancos de dados relacionais, além disso é um recurso extremamente poderoso, que permite a construção de consultas utilizando sintaxe C# e VB.Net.

O Windows Phone Mango utiliza como base de dados o Microsoft SQL CE, versão compacta do famoso banco de dados Microsoft SQL, e própria para dispositivos móveis.

Aqui vamos apresentar o exemplo de uma aplicação que armazena e remove dados do banco de dados Microsoft SQL CE, utilizando como plataforma o Windows Phone Mango.

1o – Crie a aplicação utilizando o template Windows Phone Application.

2o – Ao ser perguntado sobre a versão da plataforma Windows Phone, selecione a opção Windows Phone OS 7.1.

3o – Dentro do projeto crie três pastas, sendo elas: DAO, Controller e Model.
windowsPhone01

4o – Faça referência a DLL System.Data.Linq.
windowsPhone02

5o – Dentro da pasta Model, criada anteriormente, crie a classe DataItem conforme a imagem a seguir.
windowsPhone03

6o – Adicione os atributos de mapeamento objeto-relacional LINQ para criar o mapeamento entre a classe e a tabela do banco de dados do Microsoft SQL CE. Faça referência ao namespace System.Data.Linq.Mapping.
windowsPhone04

7o – Dentro da pasta DAO crie uma classe chamada DataBaseContext, e a faça herda DataContext, classe presente no namespace System.Data.Linq. Esta classe será nosso data context e será responsável por fazer a ponte entre a aplicação e o banco de dados. Dentro da classe crie um atributo público chamado DataItems e que seja do tipo Table<DataItem>, este atributo representará nossa tabela no banco de dados. A classe DataBaseContext deverá se parecer com a seguinte implementação:
windowsPhone05

8o – Agora que temos nossa entidade e nosso data context, devemos criar uma classe que encapsule os comando com o banco de dados, por isso criaremos dentro da pasta DAO a classe DAOProvider. Esta classe representará nossa camada de acesso a dados e encapsulará os comandos feitos para o banco de dados. Nesta classe implementaremos quatro métodos, sendo eles: CreateDataBase, método que criará a base de dados; GetDataItems, método que retornará todos os dados que estiverem no banco de dados; Save, salva novos registros na base de dados; Remove, remove os dados do banco de dados. A implementação funcionará da seguinte forma:
windowsPhone06

9o - Para intermediar as chamadas entre a camada de visão e o repositório criaremos uma classe de controle que faça chamadas ao repositório. A vantagem de utilizar este tipo de classe é a possibilidade de encapsultar o repositório e poder adicionar filtros que intermediem o acesso aos dados do banco de dados. Esta classe deverá ser implementada como demonstrado a seguir:
windowsPhone07

10o – Finalmente vamos construir a interface do nosso aplicativo. Esta será uma interface bastante simples, deverão ser adicionados os seguintes itens: um textbox, um listbox e um botão (mais detalhes do layout poderão ser vistos no link para o download do exemplo, pois o layout do projeto não é o objetivo deste post).
windowsPhone08

11o – O único detalhe importante do layout é o modo como será feito o bind do listbox, pois na verdade ele será populado "na mão", isto é, os itens serão adicionados um-a-um (em um próximo post veremos como fazer isso de modo automático). Segue detalhe do XAML descrevendo o bind do listbox.
windowsPhone09

12o – A lógica da camada de visão deverá funcionar como o código apresentado a seguir. Como pode ser observado no código, ao clicar no botão Salvar um novo registro será incluso na base de dados, e ao clicar sobre qualquer item do listbox, o mesmo será removido do banco de dados.
windowsPhone10

Esta é uma introdução ao acesso a dados utilizando o Windows Phone e o Microsoft SQL CE. Espero que este post sirva como introdução para todos, e também espero que motive a construção de novos aplicativos para esta nova plataforma.

Para o download do exemplo acesse esse link: http://code.msdn.microsoft.com/Windows-Phone-Mango-e-SQL-81f15d55

[]s!

windowsPhone11

Microsoft – e-books grátis (free e-books)

A Microsoft disponibilizou vários livros, em versão digital, de forma gratuíta.
Resolvi compartilhar alguns links através deste post.
Seguem os links:

Own Your Space–Keep Yourself and Your Stuff Safe Online
http://www.microsoft.com/download/en/details.aspx?displayLang=en&id=1522

Windows Phone Programming in C# For Beginners
http://blogs.msdn.com/b/mvplead/archive/2011/01/28/free-ebook-windows-phone-programming-in-c-for-beginners.aspx

Silverlight for Windows Phone
http://blogs.msdn.com/b/lebanon/archive/2011/02/25/free-ebook-silverlight-for-windows-phone.aspx

Windows Phone Programming in C#
https://www.facultyresourcecenter.com/curriculum/pfv.aspx?ID=8729&c1=en-us&c2=0&Login=&wa=wsignin1.0

Programming Windows Phone 7
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/10/28/free-ebook-programming-windows-phone-7-by-charles-petzold.aspx

Programming Windows Phone 7 (Special Excerpt 2)
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/08/02/free-ebook-petzold-s-programming-windows-phone-7-special-excerpt-2.aspx

Own Your Future: Update Your Skills with Resources and Career Ideas from Microsoft
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/03/03/free-ebook-own-your-future-update-your-skills-with-resources-and-career-ideas-from-microsoft.aspx

11 Steps to Create a Successful Web Site
http://blogs.msdn.com/b/officeliveguy/archive/2009/02/12/fre-ebook-11-steps-to-create-a-successful-web-site.aspx

Build a website that sells
http://blogs.msdn.com/b/officeliveguy/archive/2009/02/12/free-e-book-build-a-website-that-sells.aspx

Windows Azure
http://blogs.msdn.com/b/innov8showcase/archive/2010/07/06/free-e-book-on-windows-azure.aspx

First Look Microsoft Office 2010
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/01/20/free-ebook-first-look-microsoft-office-2010.aspx

Microsoft Office 365: Connect and Collaborate Virtually Anywhere, Anytime
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2011/08/17/free-ebook-microsoft-office-365-connect-and-collaborate-virtually-anywhere-anytime.aspx

Moving to Microsoft Visual Studio 2010
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/09/13/free-ebook-moving-to-microsoft-visual-studio-2010.aspx

Windows 7 troubleshooting tips
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2009/10/26/free-e-book-windows-7-troubleshooting-tips.aspx

Understanding Microsoft Virtualization Solutions
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/02/16/free-ebook-understanding-microsoft-virtualization-r2-solutions.aspx

Introducing Microsoft SQL Server 2008 R2
http://blogs.msdn.com/b/microsoft_press/archive/2010/04/14/free-ebook-introducing-microsoft-sql-server-2008-r2.aspx

Mais livros em http://social.technet.microsoft.com/search/en-US?query=Free%20e-book%3a&startindex=0

Por
Fernando Henrique Inocêncio Borba Ferreira.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 65 outros seguidores