Anúncios

SQL Azure – Consultando dados

O SQL Azure é um conjunto de serviços que oferece capacidade de processamento e armazenamento de dados relacionais na nuvem. É a ferramenta que devemos utilizar para armazenarmos dados relacionais de nossa aplicação na plataforma Windows Azure.

No post anterior (https://ferhenriquef.com/2012/04/25/como-criar-um-banco-de-dados-no-sql-azure/) discutimos sobre como criar uma base de dados no SQL Azure, neste post vou demonstrar como acessar o SQL Azure.

Para acessar o SQL Azure não precisamos de nenhum SDK ou configuração especial, apenas precisamos modificar nossa connection string, definindo como server o nome do nosso servidor no Azure.

Abaixo temos o Painel de Gerenciamento do Azure:

Capture04

Do lado esquerdo temos um menu com as nossas assinaturas atuais. Ao selecionarmos uma das assinaturas o Painel de Gerenciamento do Azure modifica sua visão e passa a listar todos os servidores que estão associados com a assinatura selecionada (imagem abaixo).

Capture12

Observe que na listagem dos servidores temos uma coluna chamada “Nome do Servidor Totalmente Qualificado”, o nome listado nesta coluna será  nome que utilizaremos em nossa connection string.

Connection String

As connection strings podem ser configuradas de diversas maneiras diferentes, especificando diferentes configurações de conexão com bases de dados. A configuração mais básica de uma conection string possui quatro seções:
– Server (ou Data Source): especifica o nome do servidor que contém a instância ativa de banco de dados no qual queremos nos conectar.
– Initial Catalog: especifica qual o banco de dados queremos nos conectar.
– User: nome do usuário que será autenticado no banco de dados.
– Pwd: senha do usuário que irá se autenticar no banco de dados.

Sua connection string irá se parecer com o conteúdo da imagem abaixo:

Capture15

A única diferença da conexão para o SQL Azure é o nome do servidor que devemos configurar em nossa connection string. Podemos observar que o servidor registrado na connection string possui o final “.database.windows.net” que é um prefixo criado pelo SQL Azure para os servidores de banco de dados. E logo abaixo, um exemplo de código conectando no SQL Azure e executando um comando sobre a base de dados.

Capture16

Simples não?
[]s e até o próximo!

Por
Fernando Henrique Inocêncio Borba Ferreira
Microsoft Most Valuable Professional – Data Platform Development

Anúncios

One Response to SQL Azure – Consultando dados

  1. Pingback: Windows Azure Storage | Fernando Henrique Ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: